Charlotte, homem e cachorro





Pare de me seduzir, olhos verdes de Charlotte!
Pare de me hipnotizar, seus passos, homem estranho!
Pare de seguir meus passos, belo cachorro negro!
Vocês três já deviam saber como me encontro.


Antes dos trinta algo:
Águas turvas da noite
ou na manhã de neblina.
Acho que já sabem que é.


Como eu preciso de mistério,
Mas tamanha agonia sufoca
Não deixem o menino desamparado.
Voltem pra mim quando chamar.


Comentários